* Piadinhas Inocentes*

 


Uma mosca fez o primeiro vôo.
Quando voltou sua mãe perguntou:
- Como foi?
-
Foi ótimo! Por onde eu passei, todas as pessoas aplaudiram!

(Colaboração de Ísis e Thaís)


Dois peixinhos saem para dar um passeio. Um deles pergunta ao outro:
- O que seu pai faz?
- Meu pai? Nada.

(Colaboração de Ísis e Thaís)

"CHATEAR" E "ENCHER"

Um amigo meu me ensina a diferença entre "chatear'e"encher'. 

 

Chatear é assim: você telefona para um escritório qualquer na cidade.

- Alô! Quer me chamar por favor o Valdemar? 

-Aqui não tem nenhum Valdemar. 

Daí a alguns minutos você liga de novo: 

 

- O Valdemar, por obséquio.

- Cavalheiro, aqui não trabalha nenhum Valdemar. 

- Mas não é do número tal?

- É, mas aqui nunca teve nenhum Valdemar. 

Mais cinco minutos, você liga o mesmo número: 

 

- Por favor, o Valdemar já chegou?

- Vê se te manca, palhaço. Já não lhe disse que o diabo desse Valdemar nunca trabalhou aqui?

- Mas ele mesmo me disse que trabalhava aí. 

- Não chateia.

 

Daí a dez minutos, liga de novo.

 

- Escute uma coisa! O Valdemar não deixou pelo menos um recado?

O outro desta vez esquece a presença da datilógrafa e diz coisas impublicáveis. 

Até aqui é chatear. 

Para encher, espere passar mais dez minutos, faça nova ligação: 

 

- Alô! Quem fala? Quem fala aqui é o Valdemar. Alguém telefonou para mim? 

Para gostar de ter (crônicas), 

Paulo Mendes Campos, Atica. 

 

 

********

Jantando na casa de uma amiga, na hora da sobremesa, Laura pede:

_ Põe mais um pouco de sorvete!??

A mãe da amiga responde:

_ Seus pais não te ensinaram que na casa dos outros é feio pedir mais?

_ Claro! - retrucou Laura - Mas meus pais não sabiam que a senhora ia colocar tão pouco!

 

********

 

Um casal tinha quatro filhos e a mulher estava grávida do quinto. Quando eles contaram para os filhos a novidade, o caçula falou:
— Então vou ter um irmãozinho chinês!
— Chinês? Por quê? — perguntou a mãe.
— Ué... vocês não viram na TV que, a cada cinco crianças que nascem no mundo, uma é chinesa?

 

 

********

 

Naquele dia o Lelé estava todo concentrado, escrevendo uma carta.

O enfermeiro passou perto e viu que o envelope já estava pronto e subscritado para o próprio Lelé. Curioso, perguntou:

_ Que é isso? Escrevendo carta para você mesmo?

_ Sim, que mal há nisso?

_ Nada. E o que diz a carta?

_ Como é que eu vou saber? Ainda não recebi!

 

********

A doação
 
No parque, Joãozinho pede que sua mãe lhe dê algum dinheiro  
para dar a um velhinho. 
A mãe, sensibilizada, dá o dinheiro, mas pergunta ao filho:

- Para qual velhinho você vai dar o dinheiro, meu anjo?

- Para aquele ali, que esta gritando: 
"Olha a pipoca quentinha!!!"

 

********

 

Você conhece alguma piadinha super-legal?

Envie-a para ser publicada.

 


Seu Nome 


Data de Nascimento


Cidade


Estado


Endereço de E-mail

Sua homepage:

Digite aqui a sua piadinha:

 

 

 

Retornar