Poesias

 

 

 

 

Poemas...

Quem os adivinha

Por entre sedas

e abraços... 

Por entre delírios 

de  amor.

(Flori Jane)

 

 

Escolhi vários poemas que certamente serão de seu agrado e inseri alguns de minha autoria. 

Permita-se...

 

 

Sonhos

 

Meu Norte

O Amor

 

Filhos

 

Razões de Amor\\\\

 

O Tempo

 

Outra Vez

 

Sofrer por Sofrer

 

Les Sylphides

 

História Antiga

 

Significativa Gestalt

 

Amizade

 

Do meu amor

 

"Espera..."

 

O Lado Bom

 

Insensato Amor

 

O Instante de Vê-lo

 

Primavera

 

Depois do Amor

 

A Vida

 

Não Será Isto Poesia?

 

Nas Garras do Tempo

 

Incontentável  

 

Os Ombros Suportam o Mundo

 

Felicidade

 

O que se Ama 

 

O Matrimônio

 

 Uma Palavra,um Gesto

 

Acordar, Viver

 

A Flor e a Flori

 

O Adeus de Theresa

 

Sentido

 

Seja o Melhor

 

Pecadora\

 

Batalha Amistosa

 

Por Mais Sofrer...

 

As Montanhas

 

Amor, Depois...\\

 

Máxima da Gestalt

 

O Amanhã

 

Soneto do Corifeu

 

Murmúrio 

 

Voltas

 

Madona da Tristeza

 

A Despedida

 

Prisões

 

Gostaria...

 

À Espera

 

Solidão

 

Tragédia

 

 

Quando a tua mão

 

Fui Gostar de Você

 

Desencanto

 

When You Thought

 

O Verbo Amar

 

Tell me if

 

Por Quem Meus Joelhos Dobram

Friendship 

 

Amigo

 

Chave da Felicidade 

 

Eu Vejo...  

 

Flori

 

Desespero da Piedade

 

As Flores  

 

Receita de Mulher

 

Soneto de Fidelidade

 

Quero  

Continuo esperando você

Deve existir

 

Não digas nada

Mãos dadas

Além da Terra

 

A Dama das Horas 

Toda Saudade

Soneto de Separação

 

Tarefa

Improviso do Amor- -Perfeito

 

Congresso Internacional do Medo

 

Dedicatória 

Silêncio 

Por quem

 

A Um Ausente 

Amiga 

Autopsicografia 

(e outras)

 

Quando Adivinha

Súplica 

Canção da Plenitude

 

Soneto do Amor Maior

Chegas 

Direcione Seu Olhar

 

  Amor a Falar

Saudade 

Ama-me 

Lágrimas Ocultas

Pessoas são Músicas

Amor que não conheço

Soneto da Mulher ao Sol

Soneto da Saudade

 

Amar  

 

Desejo

 

Atire a Primeira Flor

 

Só Tu

 

Contraste 

 

Ouvir Estrelas

 

Soneto de Camões

 

Pode me Chamar

 

Elegia Lírica

 

 

 

 

 

Recomende o site aos amigos. 

 

Grata!

 

 

   

 

Seu E-mail:

Seu nome:

E-mail do Destinatário:

 

 

Retornar

 

 

 

Número de visitas ao Web-Site